quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Melhores de 2011: Lista de Convidados e Lista Geral


Em um ano que foi tão prazeroso quanto angustiante para os amantes da música, pedimos a cada um dos nossos convidados que elencassem suas respectivas preferências discográficas. A tarefa nunca é simples, e convém ao “listador” que ele entre naquele estado de espírito entre a euforia e a angústia que caracteriza a paranóia listóloga. Vale notar que as listas são um bom canal de diálogo e comunicação, que informa, fomenta debates e promove a circulação de artistas e trabalhos. Porém, tal prática não é vista com bons olhos. Talvez pelo caráter ambíguo de toda lista, que se equilibra precariamente entre pretensões universais e subjetivas, mas também porque encaminha uma forma de auto-afirmação, de identificação, de auto-conhecimento e recenseamento cultural… Um fetiche, em suma, do qual não se deve esperar muita coisa, mas que perdura de forma renitente como uma das obsessões do “homem moderno”. Ao final da lista de convidados, os melhores discos do ano segundo os três redatores do Matéria, Thiago Miazzo, Antonio Marcos Pereira e Bernardo Oliveira.



Cadu Tenório (músico, Sobre a Máquina)

Discos
1 - Prurient - Bermuda Drain
2 - Tim Hecker - Ravedeath, 1972
3 - Julia Holter - Tragedy
4 - Radiohead - The King Of Limbs
5 - Tha Caretaker - An Empty Bliss Beyond This World
6 - Tape - Revelationes
7 - The Kills - Blood Pressure
8 - Jesu - Ascension
9 - SBTRKT - SBTRKT
10 - Aidan Baker - Plague of Fantasies

Faixas
1 - Prurient – “Palm Tree Corpse”
2 - Tim Hecker – “No Drums”
3 - Jesu – “Black Lies”
4 - The Kilimanjaro Darkjazz Ensemble – “Celladoor”
5 - Julia Holter – “Celebration”
6 - SBTRKT – “Hold On”
7 - SBTRKT – “Trials Of The Past”
8 - The Kills – “Future Starts Slow”
9 - Julia Holter – “Try to Make Yourself a Work of Art”
10 - Panda Bear – “You Can Count On Me”
11 - Thisquietarmy – “The Pacific Theater”


Rodrigo Brandão (músico, Mamelo Sound System/Ekundayo)

10 discos:
Beastie Boys - Hot Sauce Commitee Pt.2
Beans - End It All
Danger Mouse & Daniele Luppi - Rome
PJ Harvey - Let England Shake
Kiko Dinucci, Juçara Marçal & Thiago França - Metá-Metá
Shabazz Palaces - Black Up
Raekwon - Shaolin Vs. Wu-Tang
Matthew Shipp, High Priest, William Parker & Beans - Knives From Heaven
São Paulo Underground - Três Cabeças Loucuras
Jay-Z & Kanye West - Watch The Throne

20 músicas:
Beastie Boys – “Long Burn The Fire”
Beastie Boys + Santigold – “Don't Play No Game That I Can't Win”
Beans – “Superstar Destroyer”
Beans + Tunde Adebimpe of TV On The Radio – “Mellow You Out”
Raekwon – “Ferry Boat Killers”
Raekwon + Ghostface Killah & Jim Jones – “Rock'n'Roll”
Criolo – “Não Existe Amor Em SP”
Criolo – “Subirusdoistionzin”
Ogi – “Minha Sorte Mudou”
São Paulo Underground – “Just Lovin'”
São Paulo Underground  - “Lado Leste”
Jay-Z & Kanye West – “Otis”
Jay-Z & Kanye West – “Gotta Have It”
Doncesão + Elo Da Corrente – “Cego, Surdo & Mudo”
Mike Ladd – “My Kidz”
Shabazz Palaces – “Free Press And Curl”
Shabazz Palaces – “Youlogy”
The Roots – “Tip The Scale”
Kiko Dinucci, Juçara Marçal & Thiago França – “Vias de Fato”
Kiko Dinucci, Juçara Marçal & Thiago França – “Oba Iná”


Chris Calvet (designer, Arterial)

1) PJ Harvey – Let England Shake
2) Hype Williams – One Nation
3) Tom Waits – Bad As Me
4) Disappears – Guider
5) SBTRKT
6) Atlas Sound – Parallax
7) Nicolas Jaar – Space is Only Noise
8) Tim Hecker – Ravedeath 1972
9) Lou Reed e Metallica - Lulu
10) St. Vincent – Strange Mercy


Joca Vidal (DJ, agitador cultural, Phunk/Digital Dubs)

Rich Robinson - Through A Crooked Sun ("It's not Easy" e "I Don't Hear the Sound of You")
James Blake - James Blake ("The Wilhelm Scream" e "Limit to Your Love")
Eddie - Veraneio ("Veraneio" e "Ela Vai Dançar")
Mundo Livre S/A - Novas Lendas ("Constelação C.A.R.I.N.H.O.C.A" e "O Velho James Brouse")
Mayer Hawthorne - How do You do ("A Long Time" e "Dreaming")
Jamiroquai - Rock Dust Light Star ("Lifeline" e "Blue Skies")
Empresarios - Sabor Tropical ("Space Selecta" e "Happy Track")
Kraak and Smaak - Electric Hustle ("Built for Love" e "Dynamite")
Ogi - Crônicas da Cidade Cinza ("Premonição" e "Porque Meu Deus?")
BiD - Bambas2 ("Brasil" e "Happiness Is All In Your hands")


Túlio Brasil (jornalista, La Cumbuca)

Nacional
--> Discos:
1. Kassin - Sonhando Devagar
2. Bonifrate - Um Futuro Inteiro
3. Domenico - Cine Privê
4. Romulo Fróes - Um Labirinto Em Cada Pé
5. Metá Metá - Metá Metá
6. Gal Costa - Recanto 
7. Wado - Samba 808
8. Amabis - Memórias Luso Africanas
9. Marcelo Camelo - Toque Dela
10. Criolo - Nó Na Orelha
11. Fabio Góes - O Destino Vestido De Noiva
12. Passo Torto - Passo Torto
13. Bixiga 70 - Bixiga 70
14. São Paulo Underground - Três Cabeças Loucuras
15. Pipo Pegoraro - Taxi Imã
* EP do Silva; Acústico Sucateiro do Apanhador Só

--> Músicas:
1. Kassin – “Potássio”
2. Bonifrate – “Antena a mirar o coração de Júpiter”
3. Domenico – “Cine Privê”
4. Metá Metá – “Vias de Fato”
5. Romulo Fróes – “O Filho de Deus”
6. Gal Costa – “Autotune Autoerótico”
7. Criolo – “Subirusdoistiozin”
8. Kassin – “Calça de Ginástica”
9. Fabio Goes – “E o Amor que Não Cabe Mais”
10. Silva – “12 de Maio”
11. Wado – “Com a Ponta dos Dedos” (ft. Marcelo Camelo e Mallu)
12. Marcelo Camelo – “Ôô”
13. Karina Buhr – “Cara Palavra”
14. Amabis – “Ao Mar”
15. Nevilton – “Por um Triz”
* “Hortência”, Dorgas (previsão de lançamento em setembro/2012)

Internacional 
--> Discos:
1. Destroyer - Kaputt
2. Sondre Lerche - Sondre Lerche
3. James Blake - James Blake
4. tUnE yArDs – w h o k i l l
5. St. Vincent - Strange Mercy
6. The Caretaker – An empty bliss beyond this World
7. Metronomy - English Riviera
8. Colin Stetson - New History Warfare Vol. 2 Judges 
9. Wilco - The Whole Love
10. PJ Harvey - Let England Shake
11. Frank Ocean - Nostalgia, Ultra.
12. Bill Calahan - Apocalypse
13. CANT - Dreams Come True
14. Radiohead - The King of Limbs
15. Girls – Father, Son, Holy Ghost

--> Músicas:
1. Destroyer – “Kaputt”
2. Sondre Lerche – “Ricochet”
3. tUnE-yArDs – “Powa”
4. Radiohead – “Lotus Flower”
5. St. Vincent – “Cruel”
6. James Blake – “I Never Learnt To Share”
7. Metronomy – “The Look”
8. Wilco – “Art of Almost”
9. Toro Y Moi – “Still Sound”
10. Destroyer – “Poor in Love”
11. The Throne – “Otis”
12. CANT – “She Found a Way Out”
13. PJ Harvey – “The Words That Maketh Murder”
14. The Field – “Is This Power”
15. The Caretaker – “All You Are Going To Want To Do Is Get Back There”
*’Bay of Pigs', Destroyer [2009]

– 

Frederico Coelho (Escritor, professor, DJ, Phunk)

PJ Harvey – Let England Shake: um clássico instantâneo. Em um ano de turbulências e ocupações coletivas, ela sacou o clima tenso e fez um belo comentário poético para os nossos tempos. Além de estar cantando e compondo como nunca.

Nicolas Jaar – Space is only Noise: muito jovem e muito sagaz, o disco é a sequência de uma série de EPs que levam longe algumas bases tradicionais da música eletrônica. Assutadoramente talentoso. Respect total. 

Criolo – Nó na Orelha: tem que entrar porque o impacto foi completo, em todos os públicos. Ascendeu debates, atiçou ressentimentos, lotou shows, virou hype, confirmou o talento de um grupo de instrumentistas de São Paulo e apresentou finalmente ao país o talento do compositor e cantor Criolo. Um disco que será falado por muito tempo.

Kassin – Sonhando Devagar: no seu segundo solo, descolado dessa vez do + 2, Kassin acerta na banda e nos arranjos, explorando o que há de melhor no instrumental carioca da atualidade em sons que nos remetem ao universo psicodélico de João Donato e Marcos Valle.

Rabotnik: petardo de 2008 lançado agora, vale registrar pela pressão e coesão da banda nas execuções dos seus temas instrumentais.

Black Keys – El Camino: rock cru e arrastado, na veia. Mesmo com todo hype da banda, o som é certeiro. Disco difícil de parar de ouvir.

Gal Costa – Recanto: falar o que? Caetano compõe onze canções que refletem sobre o horizonte dos setenta anos, a perda do tempo, a solidão no Brasil de hoje, o escuro do mundo, em um álbum em que a produção devolve à cantora seu registro de voz confortável e instigante, além de um repertório de primeira. Esqueçam as “bases do Kassin” ou as “forçações eletrônicas” (que nada mais são do que a liberdade cristiva de uma outra geração sobre o som da cantora) e ouçam a volta de uma das nossas grandes vozes cantando um grande compositor.

Radiohead – The King of Limbs: outro disco que deve ser “defendido” de alguns fãs da própria banda. Um grande trabalho da grande banda de sua geração, ouvindo os sons de seu tempo e expandindo seu som no risco do novo. Discaço.

Björk – Biophilia: beleza pura. Irretocável, como sempre.

Bixiga 70 – Bixiga 70: excelente banda de São Paulo, com músicos de vários outros trabalhos e estilos. Dub e Afrobeat brasileiros na melhor banda dessa escola que ja ouvi por aqui. Produzido por Victor Rice, outro grande disco que ouvi bastante.

Gui Amabis – Memórias Luso/Africanas: belo trabalho de Amabis, mais um na cena paulista que fez um disco com participações de diversos parceiros. Uma espécie de obra conceitual com diversos sons das matrizes culturais brasileiras. Para ouvir várias vezes.

Romulo Fróes – Um labirinto em cada pé: o disco que detonou o ano da cena paulista. Grandes canções, belos arranjos, ideias refinadas, uma banda afiada e um cavaco de Rodrigo Campos pontuando e dobrando solos de guitarra. Outro que ouvi bastante e merece estar na lista de qualquer um dos melhores do ano.

Passo torto – Passo torto: projeto dos frenéticos Romulo Fróes, Rodrigo Campos e Kiko Dinucci, um disco diferente do que costumamos ouvir por aí, baseado em arranjos de violões, cavacos, acústico, com uma pegada de samba paulista com certo ar de Gismonti, de Deodato, de Baden, de Edu Lobo... Som de primeiríssima qualidade. Vida longa ao projeto.

Adriana Calcanhoto – Micróbio do Samba: este disco foi pouco falado, não sei se pouco ouvido, mas acho ele importante para a música brasileira nesse ano. Calcanhoto faz de forma extremamente competente a esticada de corda do samba como formato tradicional. A lírica do malandro é revisitada como novos tempos e os arranjos são tensos, sem a alegria desabotoada do sambista, mantendo um clima contido e ao mesmo tempo de lirismo rasgado. Se incluí entre os melhores pelo mergulho e experimentação em um gênero que tem forte resistência para sair de seus limites clássicos.

Roots Manuva – 4erverevolution: Manuva sempre. O mesmo baile da pesada entre dubs, flows cavernosos e batidas hipnóticas para pistas de dança chapadas.

Domenico – Cine Privê: bela estréia solo de Domenico, com suas paisagens sonoras. Um disco que destoa do que se vê pela cena da música brasileira pop. E, fundamentalmente, o disco de um baterista, o que é sempre bom.

BID – Bambas dois: trabalho transnacional despretensioso que une reggae jamaicano e forró com momentos brilhantes quando a fórmula funciona lindamente. Ouvir Dominguinhos solando em um roots reggae cantado como um perfeito xote por um dos filhos de Marley (Ky-Mani) já valeria o disco. Mas há outros bons momentos em um disco que pode deixar rolar inteiro no fim de semana em casa, na merecida lombra ensolarada de todo trabalhador.

Andy Stot – Passed me by: Sinistro. Grave. Perturbador. Sensacional.

The Roots – Undun: a banda de rap que é realmente uma banda vai além em um disco conceitual – a historia de Undun – e incorpora no limite do seu som orgânico baseado na bateria de Questlove, cordas, orquestras e belos momentos cinematográficos. Para quem curte o som da banda da Filadélfia, discaço.

Gil Scott-Heron & Jamie XX – We're New Here: pode um trabalho de remix deixar o disco original melhor do que era? Pode. Esse é o caso no disco de Jamie XX remixando o póstumo de Heron. Pode ouvir inteiro, sem nem pensar em mudar a faixa ou por no shuffle. Vale cada audição.


Lucio Branco (DJ, produtor, Soul, Baby Soul/Makula/Soul de Santa)

Discos (10)
Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou – The 1st Album
Orchestre Poly-Rythmo – Cotonou Club
Ebo Taylor – Life Stories (coletânea)
Nigeria 70 “Sweet Times”: Afro-Funk, Highlife & Juju from 1970’s Lagos (coletânea)
El Rego – El Rego (coletânea)
Bambara Mystic Soul – The Raw Sound of Burkina Faso 1974-79 (coletânea)
Tinariwen – Tassili
Tom Waits – Bad As Me
Bixiga 70 – Bixiga 70
Lou Reed & Metallica – Lulu

Faixas (20)
“Zon Dede” – El Rego (El Rego [coletânea])
“Dead Flowers” – Anthony Joseph & The Spasm Band (Sticky Soul Fingers – A Rolling Stones Tribute [coletânea])
“Get Lost” – Tom Waits (Bad As Me)
“Sekou Amadou” – Sorry Bamba (Sorry Bamba – Volume One 1970-1979, Kanaga Orchestra Of Mopti, Regional Orchestra Of Mopti [coletânea])
“Walla Ila” – Tinariwen (Tassili)
“Kinringjingbin” – Dr. Victor Olaiya’s International All-Stars (Nigeria 70 “Sweet Times”: Afro-Funk, Highlife & Juju from 1970’s Lagos [coletânea])
“Tribute to Don Drummond” – Rico (Jamaican Funk Experience [coletânea])
“Desengano da vista” – Bixiga 70 (Bixiga 70)
“Ou C’est Lui Ou C’est Moi” – Orchestre Poly-Rythmo de Cotonou (The 1st Album)
“Boogie On” – Rob (Funky Rob Way [coletânea])
“Hera” – Owiny Sigoma Band (Owiny Sigoma Band)
“Victory” – Ebo Taylor (Life Stories [coletânea])
“You Can Run” – Seun Kuti (From Africa With Fury: Rise)
“Oye Ka Bara Kingan” – Amadou Ballake Et Super Volta (Bambara Mystic Soul – The Raw Sound of Burkina Faso 1974-79 [coletânea])
“Iced Honey” – Lou Reed & Metallica (Lulu)
“No Time For Dreaming” – Charles Bradley (No Time For Dreaming)
“Mendel (I Don’t Know)” – Omar Souleyman (Haflat Gharbia)
“Eltsuhg Ibal Lasiti” – The Daktaris (The World Of Daptone Records [coletânea])
“More Mess On My Thing” – The Poets Of Rythm (The World Of Daptone Records [coletânea])
“Radio Kabul” – Express Brass Band (Contemporary Afrobeat [coletânea])


Gabriel Guerra (músico, Dorgas)

ALBUNS (ranking):
1. Cavalier – A Million Horses
2. Junior Boys – It’s All True
3. Monica Salmaso – Alma Lirica Brasileira
4. Tim Hecker – Ravedeath, 1972
5. St. Vincent - Strange Mercy
6. Kleiton & Kleidir – Par Ou Impar?
7. Battles – Gloss Drop
8. V/A – 10 Years of Secretsundaze
9. Larry Carlton – Larry Carlton Plays The Sound Of Philadelphia
10. James Blake – James Blake

MUSICAS (ordem alfabética):
Anton Zap – “Water”
Arkist – “Rendezvous”
BADBADNOTGOOD – “Rotten Decay”
Benedikt Frey – “Untitled 3”
Bill Callahan – “America!”
Cavalier – “Uzunyayla (Hallucinatory Narcosis)”
Cavalier – “Lipizzan”
Dominant Legs – “Hoop Of Love”
Future Islands – “Before The Bridge”
John Heckle – “What Once Was”
Loungetude46 – “Brasileira”
Kevin McPhee – “Sleep”
Monica Salmaso – “Noite”
Nicholas – “Talking About Love”
No Regular Play – “Serious Heat (Art Department Remix)”
Sobre A Maquina – “Progresso”
St. Vincent – “Surgeon”
Two Armadillos – “Warriors Return” (Original Mix)
Ze Renato – “Água Pra Que?”




Renato Godoy (músico, Chinese Cookie Poets)

1 - Mombu - Mombu
2 - Amon Tobin - ISAM
3 - Domenico - Cine prive
4 - Dorgas - Grangongon
5 - Connan Mockassin - Forever Dolphin Love
6 - Thurston moore - Demolished Thoughts
7 - Tom Waits - Bad As Me 
8 - Kassin - Sonhando devagar
9 - Sobre a Máquina – Areia
10 – Ava Rocha – Diurno


Gabriel Mayall (músico, Do Amor/Los Hermanos)
10 discos
White Denim – D
Domenico Lancelotti – Cine Privê
Bonifrate – Um futuro inteiro
Burzum – Fallen
Karina Buhr – Longe de Onde
Thurston Moore – Demolished Thoughts

20 canções
“Cidadezinha Qualquer”....................Rubinho Jacobina
“Marco Zero”....................Nina Becker
“Benediction”....................Thurston Moore
“Marcha Lúbrica”....................Rubinho Jacobina


Chico Dub (DJ, Produtor, Dancing Cheetah/Novas Frequências)

20 melhores faixas


10 melhores discos

10 - Legowelt – The Teac Life (Independente)
9 - Patten – GLAQJO XAACSSO (No Pain In Pop)
8 - Nicolas Jaar – Space Is Only Noise (Circus Company)
7 - Machinedrum – Room(s) (Planet Mu)
6 - Ducktails – III: Arcade Dynamics (Woodsist)
5 - The Caretaker – An Empty Bliss Beyond This Word (History Always
Favours The Winners)
4 - Andy Stott – Passed Me By (Modern Love)
3 - Africa Hitech – 93 Million Miles (Warp)
2 - Peaking Lights – 936 (Not Not Fun/ Weird World)
1 - Tim Hecker – Ravedeath, 1972 (Kranky)


Yugo (DJ, Os Ritmos Digitais/PartyBusters)

Top 12 Discos
Beyoncé - 4
SBTRKT - SBTRKT
Katy B - On A Mission
Adele - 21
Toro Y Moi - Underneath The Pine
St. Vincent - Strange Mercy
Crazy P - When We On
The Weeknd - House Of Balloons
New Look - New Look
Nicolas Jaar - Space Is Only Noise
Tiger & Woods - Through The Green
Girls - Father, Son, Holy Ghost

Top 20 Tracks

SBTRKT – “Pharoahs”
Adele – “Rolling In The Deep”
Beyoncé – “Rather Die Young”
Katy B – “Movement”
New Look – “Janet”
St. Vincent – “Cruel”
Tiger & Woods – “Curb My Heart”
Jay-Z & Kanye West – “Niggas In Paris”
James Blake – “The Wilhelm Scream”
SILVA – “Imergir”
Jessica 6 – “Prisoner Of Love”
Chris Brown (ft. Lil Wayne, Busta Rhymes) – “Look At Me Now”
Toro Y Moi – “New Beat”
Holy Ghost! ft. Michael McDonald- “Some Children”
The Weeknd – “Glass Table Girls”
Beni – “It's A Bubble”
Kelly Rowland – “Motivation”
Frank Ocean – “Novacane”
Neon Indian – “Polish Girl”
Todd Terje – “Ragysh”


Zé McGill (músico, DJ, escritor, Makula/SereS)

discos 2011:
Bad as Me – Tom Waits
Tassili – Tinariwen
From Africa with fury: Rise – Seun Kuti
Angles – The Strokes
Cotonou Club – Orchestre Poly-Rythmo
Nó na orelha – Criolo
Africa for Africa – Femi Kuti
In the grace of your love – The Rapture
Hot sauce committee Pt. 2 – Beastie Boys
Veraneio – Eddie

músicas 2011:

“You can run” – Seun Kuti
“Face to the highway” – Tom Waits
“Macchu Picchu” – The Strokes
“Asuf D Alwa” – Tinariwen
“Chicago” – Tom Waits
“Ne te fache pas” - Orchestre Poly-Rythmo
“Bogotá” – Criolo
“How deep is your love” – The Rapture
“Taken for a fool” – The Strokes
“Tenho que seguir” – Momo
“Neguinho” – Gal Costa
“Nobody beg you” – Femi Kuti
“Tema de Malaika” – Bixiga 70
“Veraneio” – Eddie
“Goodbye Hooray” – Red Hot Chili Peppers
“Let England shake” – PJ Harvey
“Who am I” – Gang of four
“Make some noise” – Beastie Boys
“Federal Funding” – Cake
“Lonely boy” – The Black Keys


Diego Albuquerque (biólogo, blog Hominis Canidae)


10 discos

São Paulo Underground – Três Cabeças Loucuras
Lupe de Lupe - Recreio
Sobre a Máquina – Areia
Constantina – Haveno
Passo Torto – Passo Torto
ruído/mm - Introdução à cortina do sótão
Kiko Dinucci, Juçara Marçal, Thiago França - Metá Metá
Satanique Samba Trio - Bad Trip Simulator #1
Ekundayo - Ekundayo
MarginalS - Disco sem nome

E 20 musicas, mas nao existe uma ordem de preferencia...

01. ruido/mm – “Valsa dos Desertores”
02. Cícero – “Tempo de Pipa”
03. Hierofante Púrpura – “Rosa Frígida”
04. Kassin – “Calça de Ginástica”
05. My Midi Valentine – “Hammer”
06. Test – “Ele Morreu Sem Saber o Porque”
07. Team.Radio – “French Doll”
08. Kiko Dinucci, Juçara Marçal, Thiago França – “Vias de Fato”
09. Sin Ayuda – “Wednesday, Thursday Lie”
10. Karina Buhr – “Não Me Ame Tanto”
11. Romulo Froes – “Muro”
12. Constantina – “Azul marinho”
13. Sobre a Maquina – “Barca”
14. Jair Naves – “Um passo por vez”
15. Criolo – “Não existe amor em SP”
16. Bixiga 70 – “Luz Vermelha”
17. Marcelo Camelo – “Acostumar”
18. Domenico – “Cine Privê”
19. SILVA – “Cansei”
20. Vanguart – “Se Tiver Que Ser Na Bala, Vai”


Léo Monteiro (músico, Duplexx)

01) Thurston Moore - "Demolished Thoughts" (Matador) - Músicas: "Circulations", "Space".
02) Peaking Lights - "936" (Not Fun Records) - Músicas: "Amazing and Wonderful", "All the Sun that Shines".
03) Gal Costa - "Recanto" (Universal) - Músicas: "Madre Deus", "Tudo Dói".
04) Enablers "Blow Realms and Stalled Explosions" (Lancashire and Somerset) - Músicas: "Patton", "Cliff".
05) V.A. - "Sonig Boxset Thing" (Sonig) - Artistas e Músicas: Nathan Michel - "A to B", Uské Orchestra - "Pal Pel". (essa caixa é maravilhosa!!!!!!!!)
06) Tune Yards - "Whokill" (4aD) - Músicas: "Bizness", "Killa".
07) Rabotnik - "Rabotnik" (Bolacha Discos) - Músicas: "Submarino", "Dínamo".
08) Maruosa - "Extreme!!!!!" (Renda) - Músicas: "Monsters High!!!", "ACA".
09) Dirty Beaches - "Badlands" (Zoo Music) - Músicas: "Speedway King", "Horses".
10) Ela Orleans - "Neo Pi-R" (Clandestine Records) - Músicas: "Walkingman", "Apparatus".

–––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––

Lista Geral (Bernardo Oliveira, Thiago Miazzo e Antonio Marcos)

1.
Radiohead – The King Of Limbs

2.
Julianna Barwick – The Magic Place
Kode9 and the Spaceape – Black Sun
Panda Bear – Tomboy
Pete Swanson – Man with potential
Ricardo Villalobos & Max Loderbauer – Re: ECM
The Caretaker – An Empty Bliss Beyond this World
Andy Stott – Passed me By

Nenhum comentário: