terça-feira, 2 de outubro de 2012

YYU – TIMETIMETIME&TIME (2012; Beer on the Rug, EUA)



























Já falei a respeito do Beer on the Rug, selo estadunidense que lançou trabalhos de artistas como CVLTS, Free Weed e Maccintosh Plus. Inicialmente calcado em um tipo de som voltado para o LO-FI e a hypnagogic music (representado por  Casino Gardens, World Series e Boy Snacks), logo após o lançamento da tape do Laserdisc Visions e um envolvimento mais direto com o coletivo New Dreams LTD, o direcionamento da Beer on The Rug começou a mudar para algo mais próximo do Vaporwave. Para quem ainda não está familiarizado com os rótulos pós-2010,  pense nos trabalhos mais recentes do James Ferraro,  especialmente suas duas últimas empreitadas sob as alcunhas BEBETUNE$ e Bodyguard.

Recebi hoje um pacotinho da Beer on the Rug contendo o seu mais recente cassette, creio eu que se trata de um debut. O artista em questão atende pelo nome de YYU e não consegui encontrar qualquer informação a seu respeito.  O álbum, intitulado TIMETIMETIME&TIME, é diferente de tudo o que a Beer on the Rug lançou, ampliando ainda mais o seu universo.  O primeiro minuto de “Your Hands Mo.3”, faixa que abre o álbum,  pode até enganar o ouvinte de que se trata de mais um lançamento típico do selo, mas basta entrar o beat desarranjado para perceber que vem coisa nova por aí. Na faixa seguinte, “&&&&”, o delicado toque da guitarra acústica provoca mais estranheza do que os loops repetitivos e vocalizações de pitch raspando no chão. A guitarra acústica deixa de ser um complemento e assume a função de guia em  diversas faixas, entre elas a “Um (Don’t be)”, música inteiramente acústica que flerta com influências math-rock, lembrando em alguns momentos o Don Caballero ou o Ghosts and Vodka. Curtinha, é uma música que poderia vir a ser a melhor do disco se fosse um pouco mais explorada.

A minha favorita, “YYYY”, lembra o que tem sido feito por uma galera envolvida com o post-witch house e o pessoal da Aural Steps, remetendo imediatamente ao Drrty Pharms. Feita em cima de um beat de pouca variação, acompanhado por um synth com um quê de intuitivo e um vocalzinho gostoso de ouvir.  “&Time” bota o violão na roda outra vez, trabalhando com arrranjos freak folk processados e jogados em loop.  O quê de math-rock volta a dar as caras em “When you Said That”, outra faixa merecedora de destaque. As três últimas faixas, um pouco mais fracas do que as anteriores, se dividem em experimentos com o pitch, variações de beat e (mais) passagens acústicas.

Mesmo distante do Vaporwave – carro-chefe do selo – TIMETIMETIME&TIME é um dos lançamentos mais legais da Beer on the Rug.  Ousado até o talo, o YYU caminha com bastante naturalidade entre a  música acústica e  a eletrônica, misturando tape music e math-rock como se fosse a coisa mais normal do mundo. E do jeito que ele faz, parece tão simples. Tape profissional limitada a 75 cópias. 

Thiago Miazzo

Ouça TIMETIME&TIME na íntegra, clicando aqui.

Nenhum comentário: